Seguidores

Para Que Vim


Esse blog tem como objetivo difundir a Música Popular Brasileira em geral, seja ela qual for: a música do Sul, a musica do Cariri, a Pajeuzeira ou mesmo outros ritmos de regiões diferenciadas. Nasci no Sertão do Pajeú, lugar onde a poesia jorra com muita facilidade e que os Poetas do Repente cospem versos com uma precisão incrível. Sempre tive esta curiosidade de fazer postagens e construir um blog. Aliás, criar um blog é simples e rápido, mas, o difícil mesmo é mantê-lo vivo e pulsante. Uma tarefa difícil e tem que ser feita com muita dedicação e precisão, sei que às vezes agradamos a uns e desagradamos a outros; também pudera, não somos perfeitos e isso acontece em todas as áreas e campos de trabalho. E para que o blog aconteça, tenho que desafiar o meu tempo e fazer propagar até aqueles que acessam e fazem aquisições de temas no gênero da música, da poesia e outros segmentos da cultura brasileira. Não tenho a experiência de um Blogueiro profissional, mas, como se diz: “Experiência só se conquista com tempo, perseverança e dedicação”. É isso aí, espero que curtam esse espaço que faço com exclusividade para vocês.


Obs.: Do lado direito do seu monitor adicionei uma rádio (Cantigas e Cantos) com a finalidade de que você leia e ao mesmo tempo ouça uma seleção musical exclusivamente feita por mim. Também inserí fotos Antigas da Capital da Poesia (S. José do Egito), fotos retiradas do Baú do Jornalista Marcos Cirano.


Texto: Gilberto Lopes

Criador do Blog.

sábado, 12 de maio de 2018

Poesia: "Poema em homenagens a todas às Mães!" por Andrade Lima

Foto de Damião De Andrade Lima.

Eu parti e deixei mamãe chorando,
Mas falei que voltava logo em breve.
Sem usar internet ela escreve
E me liga de casa vez em quando.
O seu dia tão belo está chegando
E eu irei me aquecer no colo seu.
Quero ouvir sua voz e o que escreveu
Transformar cada frase num repente...
Neste dia das Mães não fique ausente
Do presente maior que Deus lhe deu!

Eu conheço alguns filhos que não dão
Atenção para a mãe como merece.
E tem filho que diz: Ah, s'eu pudesse
Ter a minha pra dar toda atenção!
Toda mãe tem lugar no coração
Pra acolher os seus filhos no apogeu
Vou citar como exemplo, o Galileu
Que sentiu sua mãe sempre presente...
Neste dia das Mães não fique ausente
Do presente maior que Deus lhe deu!

S'eu deixar de ir ver mamãe querida,
Alegando que o tempo não convém.
Quando um dia perder, dirá alguém:
Sua vida hoje chora arrependida.
É por isso que enquanto eu tiver vida,
Estarei com quem tanto me acolheu.
Ela tem sempre espaço no meu eu
Pra morar em meu peito eternamente...
Neste dia das Mães não fique ausente
Do presente maior que Deus lhe deu!

Toda mãe é uma flor exuberante
Que o jardim da natura procriou.
E a botânica do amor nela entranhou
Uma essência que cheira a toda a instante.
Cada marca que tem no seu semblante
É uma noite de sono que perdeu.
Mesmo errado, mamãe me defendeu,
Quando alguém me gritou em sua frente...
Neste dia das Mães não fique ausente
Do presente maior que Deus lhe deu!

Zele a mãe toda dia com carinho
E se doa da mesma forma dela.
Ore sempre por ela e sinta ela
Percorrer com você cada caminho.
Siga dela os conselhos, pois sozinho,
Jamais deixa seguir um filho seu.
Quem ainda a Deus não agradeceu...
Agradeça por ter quem a ama gente...
Neste dia das Mães não fique ausente
Do presente maior que Deus lhe deu!

Mote e glosa: Andrade Lima
11/05/2018.

CANTIGAS E CANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário