Seguidores

Para Que Vim


Esse blog tem como objetivo difundir a Música Popular Brasileira em geral, seja ela qual for: a música do Sul, a musica do Cariri, a Pajeuzeira ou mesmo outros ritmos de regiões diferenciadas. Nasci no Sertão do Pajeú, lugar onde a poesia jorra com muita facilidade e que os Poetas do Repente cospem versos com uma precisão incrível. Sempre tive esta curiosidade de fazer postagens e construir um blog. Aliás, criar um blog é simples e rápido, mas, o difícil mesmo é mantê-lo vivo e pulsante. Uma tarefa difícil e tem que ser feita com muita dedicação e precisão, sei que às vezes agradamos a uns e desagradamos a outros; também pudera, não somos perfeitos e isso acontece em todas as áreas e campos de trabalho. E para que o blog aconteça, tenho que desafiar o meu tempo e fazer propagar até aqueles que acessam e fazem aquisições de temas no gênero da música, da poesia e outros segmentos da cultura brasileira. Não tenho a experiência de um Blogueiro profissional, mas, como se diz: “Experiência só se conquista com tempo, perseverança e dedicação”. É isso aí, espero que curtam esse espaço que faço com exclusividade para vocês.


Obs.: Do lado direito do seu monitor adicionei uma rádio (Cantigas e Cantos) com a finalidade de que você leia e ao mesmo tempo ouça uma seleção musical exclusivamente feita por mim. Também inserí fotos Antigas da Capital da Poesia (S. José do Egito), fotos retiradas do Baú do Jornalista Marcos Cirano.


Texto: Gilberto Lopes

Criador do Blog.

domingo, 10 de julho de 2016

Memórias:"Festa Universitária", um texto de Arlindo Lopes



Atenção São José do Egito. Silêncio. Escutem...
Estão ouvindo lá do lado da ponte? É o eterno hino do poeta Paulo Cardoso: “São José do Egito, sóis promessa dos céus e viveis protegida sob as bênçãos de Deus...” é o Carro da Pitú se aproximando para animar o povão na Festa Universitária.
-Abram a roda para com “Lia na Ciranda dançar”.
-Acorda Cavalo Brabo, Ancureta, João Guará, Biu Sanharó, Nêgo Toninhos, Titela, Teófo, Chico de Telvina, Dito de Anselmo, Jurandir Bocão...
- “A cacimba vai abrir!”, dizia Otoni Rodrigues com sua gravíssima e bela voz.
Prepare o seu coração... vai começar o bombardeio.
- Veja, lá na rua de cima: É Zé Augusto, Antônio José de Lima e Jureca, no meio dos atiradores de Bacamartes.
- E agora? Corre menino que o “Boi de Severo” vai pegar.
- Chama Pio ou Zé Boião para domar e matar o Boi
- E quem é esse tão poupeiro?
- É “Rubens da Burrinha”, com o seu “zoológico”, dando show e botando as crianças pra correr.
-Vejam o diretor Cultural Luizinho Gomes conduzindo a Banda  de Pífanos de Riacho do Meio. Cabras dos bicos afinados. E a plateia calorosa aplaude.
- Calma aí, não chore meu amigo “Beto de Pajé”... é o poeta Cancão declamando o poema “Meu Lugarejo”, e, estão com ele no palanque os poetas: Zé Catota, Lourival Batista, Job Patriota, João Campos, Zezé Lulu, Ismael Pereira... e o poeta Sebastião Siqueira “O Beijo” da poesia diz no microfone: “Ainda estão chegando Zé Rabelo, Manoel Filó, Professor Zé Silva e outros mais...
- E mais tarde no “Barracão Universitário”, teremos a cantoria com os repentistas:  Ivanildo Vila e Geraldo Amâncio. A emoção toma conta da “Rua da Baixa”.
- Nisso, João Bem-te-vi convida Bosco de Nêga e Lostiba para ouvirem o seresteiro João Pequeno soltar sua romântica voz.
- Vamos todos ao cinema de Chico Silva para ver o destemido Edinaldo Leite, saindo do “Subterrâneo Teatral” para denunciar as injustiças da ditadura.
- Cuidado, amigo a polícia quer te pegar! Não sente medo porque está na companhia de Giba Mansinho, Flávio Lira, Socorro Brito, Pirraia, Lostiba, Geomar, Tremendão, Isa Gomes, Gorete Veras...
- “Cabras da peste”. E este som desconhecido vindo da “Boate Universitária?”
- É o nosso “ Jimi Hendrix”, Haroldo Santos tirando um solo da guitarra de “Casa das Máquinas”...
- Caramba! Poxa! “Olha lá, no canto da parede, Zezé Baterista, o “Rato”, em pleno Sertão do Pajeú, nos anos 70 tocando a música “ Time” de Pink Floyd ... Incrível! E está acompanhando Carlinhos de Bernardo, Betinho de Vigário, , Cláudio Neguinho, Joacil Menezes, Inaldo Sampaio, Ivanildo Gomes, Raulino, Luiz Teixeira, Cícero Teixeira, David de João de Deus, Sales Rocha, Roberval Veras, Wilson Neguinho, Jorge Ressaca, Aluísio Lopes, Churrasco... é show!
Atenção Ronaldo Tiago “Pecos”, Tarcizio Leite, Marcos Brito, Guimarães, Olga Brandão, Rona Leite, Gilberto de Messias, Gerinha, Gilmar Leite, Cláudio Viana, Pedro Lira, Nenén de Zé Dudú, Cida de Jovino Clementino, Cal Siqueira, Mocinha de Zé Leão, Mauricinha, Pessoa,  Mirian Correia, Paulo Passos, Marcos Passos, Lamartine Passos, Arimateia, Gorete Moura, Gracinha Ferreira,  Carmita Viana, Gilberto Rodrigues, Rona de Marote, Jorge Veras, Jorge de Manu...


- Convidamos todos vocês para se encontrarem no Clube Hotel para receberem as bandas “Tuaregs e Ogírio Cavalcanti” para o grande Baile esta noite.
- Voltando a “Rua da Baixa”, Otoni Rodrigues entrevista os presentes!
- Quem é você?
_ Zé Pelado
- O que vai fazer?
- “Correr no Jegue”
- Abram Alas que a Jecana vai Passar
- E Otoni Continua. Quem é Você?
- “Bode Rouco”
- Vai fazer o que?  
- Vou participar e ser campeão da Ginkana Automobilística e sai do meio que já começou! 
- Venham todas as crianças para a “Manhã Infantil”, é o macaco “Janjão” distribuindo prêmios e balas para todos. Parabéns Pirraia, Churrasco e Luizinho.
- Em seguida Otoni Rodrigues convida Aline de Genecir Cabeleireiro para receber seu prêmio de 1º no concurso de dança.
- Neste momento vamos adentrar  o ”Barracão Universitário” para o grande recital e música ao vivo com o Artista Zeto.
-“Palmas pro Zeto”, o próprio assim dizia!
Enquanto isso a garotada “Alisa” o bolso dos pais lá no parque “Trianon”, ao som de Evaldo Braga e José Ribeiro.
O Grupo de Capoeira “Nêgo Fujão” do professor Formigão abriu a roda dando um show de Ginga. E ainda tem Teatro de Rua, Mamulengos, Grupo de Danças, Emboladores e outras atrações.
- O namorado pergunta para a namorada:
-Quer “Maçã do amor”?
-Ela Responde:
-Não, quero um “Cachorro-quente” de dona Chica e um “Rolete de Cana” na taboca, porque acho mais romântico!
         E têm mais eventos no Grupo Escolar Oliveira Lima, no Colégio Édson Simões, no Ginásio São José, no Cinema de Chico Silva, no Estádio de Futebol e no Centro Social Urbano. São tantos eventos que os horários se chocam.
- Como isso podia acontecer?
- Somente os Guerreiros Estudantes, daquele tempo teriam essa resposta.
- E hoje, o que resta? Saudosismo? Falta de cultura? Falta de apoio político? Falta de força de vontade? Perseguição? Falta de artistas? Falta de coragem?  Falta de UNIVERSITÁRIOS?
- Quer saber a diferença do passado com o presente?
- Vá confirmar hoje na RUA DA BAIXA!

Arlindo Lopes
16 de julho de 2014
la foto del perfil de Arlindo Lopes

CANTIGAS  E CANTOS

Um comentário: